Opinião: Concorda com o novo Plano de Pormenor de Coimbra B?

Posted by

A ver vamos.
Foi apresentado à cidade um projecto de Plano de Pormenor da Estação de Coimbra B. Joan Busquets, reputado arquitecto catalão, expôs linhas mestras, a sua proposta para a envolvente da nova Estação Ferroviária de Coimbra, inserida na construção da Linha de Alta Velocidade Porto-Lisboa. A Câmara de Coimbra e a Infraestruturas de Portugal firmaram um protocolo de cooperação para o desenvolvimento deste projecto que posteriormente constituirá o Plano de Pormenor de Coimbra B.
Busquets prevê uma nova cidade a estender-se da Avenida Fernão de Magalhães pela Rua do Padrão e frente ribeirinha até à nova estação ferroviária e intermodal que comportará paragens do MetroBus e dos SMTUC, estação de camionagem, parques de bicicletas e de estacionamento de automóveis.
Este projecto conceptual será agora desenvolvido. Com todo o mérito deste modelo conceptual que revolucionará esta zona de Coimbra, colocam-se desde já duas questões importantes. A retirada do IC2 do centro da cidade, como solução para a zona da Casa do Sal, indo diretamente para a rotunda do Almegue, sobre a actual via ferroviária que liga Coimbra B a Taveiro, atravessando o Choupal, com forte impacto ambiental. A construção de torres de grande dimensão defronte do novo edifício da estação. É possível corrigir tais impactos? Veremos como.
Em rigor, não há um projecto final. A discussão está iniciada. Acompanharemos todos, especialistas e cidadãos, o seu desenrolar com o maior interesse.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.