Opinião: A Junta de Maiorca deve mudar-se para o Palácio Conselheiro Branco?

Posted by

SIM
Se esta for a solução que melhor sirva os interesses da freguesia, acordada com aquela autarquia, não comprometendo outros projectos anunciados para o mesmo espaço e para a mesma freguesia. Recorde-se que foi, recentemente, anunciado que o Palácio Conselheiro Branco albergaria um Centro de Investigação e Divulgação do Arroz Carolino e um Museu do Arroz.
Recorde-se, também, que a intervenção na Casa da Praça serviria, originalmente, um duplo propósito – acolher condignamente a sede da Junta de Freguesia e a Unidade de Saúde de Maiorca, proporcionando aos seus fregueses as tão desejadas e merecidas condições de acesso aos cuidados de saúde primários.
Parece haver uma mudança de rumo. Estes anúncios avulsos, por vezes paradoxais, e, mais frequentemente, sem uma base de planeamento e informação que permita uma análise minimamente sólida, vão surgindo e é difícil não reagir com reserva, com reticências, com uma quase inevitável expectativa de que, amanhã, uma vontade unilateral dite que já não é aquilo, mas outra coisa.
Neste caso concreto, que se concretize. Que se dialogue com todos os intervenientes, para que se garanta que, se este for o rumo a seguir, aos maiorquenses são asseguradas uma Unidade de Saúde e uma Junta de Freguesia dignas e funcionais.
Neste constante “baralha e volta a dar”, não podemos permitir que se secundarize o que realmente importa para quem habita em Maiorca: o acesso aos serviços e a reabilitação e valorização do património.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.