Movimento questiona ARS sobre futuro do Rovisco Pais

Posted by

O Movimento Cívico em Defesa do Hospital Rovisco Pais reuniu-se, ontem, na entrada no hospital para apresentar as suas preocupações “com o rumo que os serviços de saúde têm vindo a tomar no concelho de Cantanhede” e, principalmente, com o anúncio, por parte do Ministério da Saúde, que vai proceder à integração do Hospital Rovisco Pais no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

A concentração contou com cerca de 30 pessoas que empunhavam cartazes onde se lia revindicações como: “Só queremos esclarecimentos”, “Não estamos contra nada nem ninguém”, “Só queremos que nos informem” e “Pelo SNS”.
Luís Patrão, representante do movimento cívico, falou aos presentes dizendo que “a população tem o direito de ser informada e como até agora não fomos esclarecidos decidimos escrever uma carta à Administração Regional Saúde do Centro (ARS) a pedir que nos informem”.

Movimento entrega carta à ARS na segunda-feira
Na carta que será entregue na próxima segunda-feira na ARS são apresentadas as preocupações com o processo de integração do Hospital Rovisco Pais no CHUC e pedir esclarecimentos sobre “os termos e os objetivos” da integração.

Ler notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.