IC2 sai do centro da cidade de Coimbra

DR

O projeto desenvolvido pelo arquiteto catalão apresenta como solução para a zona da Casa do Sal a saída do IC2 daquela zona.
Essa saída possibilita que a mobilidade seja mais simples naquela zona e possa aparecer o grande jardim projetado para a rua do Padrão.
“O espaço central da rua do Padrão, onde estão neste momento os pilares que suportam o IC2, será um grande jardim, onde as pessoas podem estar ou passear”, disse.
Segundo o projeto apresentado por Joan Busquets, o IC2 vai sair do centro da cidade, indo diretamente para a rotunda do Almegue.
A ideia passa por a estrada fazer o acesso à rotunda do Almegue num troço que terá que ser feito ao lado do caminho-de-ferro que liga Coimbra B à zona de Taveiro.

Baixa também mudará circulação automóvel

Sem especificar de que forma, o arquiteto Catalão assumiu também que terá que se dar uma configuração diferente à rua da Sofia, na Baixa de Coimbra. No projeto da Metro Mondego, a rua da Sofia manterá passagem automóvel, mas Joan Busquets reiterou que é necessário tirar os carros dessa zona.
“A rua da Sofia recebe demasiado tráfego automóvel. Esta rua não deveria ser um elemento central de mobilidade, devíamos retirar a maioria dos carros”, realçou.

4 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.