Bispo de Coimbra recorda Bento XVI como o “cristão de fé profunda e forte”

Posted by

O bispo de Coimbra, Virgílio Antunes, recordou o papa emérito Bento XVI, que hoje morreu no Vaticano, aos 95 anos, como um “cristão de fé profunda e forte”.

“No seu percurso, na sua ação pastoral e nos seus escritos, sobressai em primeiro lugar o testemunho da sua fé inabalável em Deus, Santíssima Trindade, que cantou, celebrou, adorou e foi o centro da sua vida”, escreveu o bispo numa mensagem divulgada na tarde de hoje tarde, na qual sublinha, também, a faceta de Bento XVI enquanto “cristão da espiritualidade nascida da fé e incarnada na relação com Deus e com os irmãos”.

Segundo Virgílio Antunes, Bento XVI “trabalhou em favor da identidade única da espiritualidade cristã, no meio das múltiplas propostas que facilmente seduzem os cristãos” e foi, também, um “cristão sempre à procura da clareza da doutrina da fé”.

“A sua atividade enquanto teólogo, aliada à sua ação de pastor do Povo de Deus, manifestaram continuamente a importância do conhecimento mais aprofundado da doutrina cristã e o valor insubstituível à fidelidade integral à Sagrada Escritura e à Tradição viva da Igreja. Em tempos de afirmação de fortes relativismos e de grandes vazios, deu à Igreja escritos claros e baseados em argumentação profunda, que continuarão a iluminar os caminhos da Igreja na fidelidade à sua identidade querida por Cristo, o seu fundador”, acrescentou o prelado.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.