Opinião: Estudantes em precariedade

Posted by

Centenas de estudantes universitários manifestaram-se nas ruas de Bruxelas a 17 de Novembro, Dia Internacional dos Estudantes. Em causa, o aumento do custo de vida e a descida do poder de compra.
Os jovens alertam para a situação de precariedade de muitos estudantes na cidade. A Federação de Estudantes Francófonos diz mesmo que as dificuldades económicas afectam quase um estudante em cada três.
A crise energética, a crise do alojamento, a inflacção descontrolada e os transportes considerados muito caros são algumas das razões que levaram a esta situação. A crise sanitária exacerbou as desigualdades no ensino superior, com a perda total ou parcial de muitos trabalhos estudantis, muito comuns na Bélgica.
Os estudantes do ensino superior reclamam medidas fortes às autoridades públicas, com a implementação de programas de ajuda transversais: cantinas e transportes mais baratos, alojamento estudantil a preços correctos, mais e melhores bolsas.
A verdade é que, vendo os anúncios de aluguer estudantil, não se encontra um quarto por menos de 400€. Já para não falar nos preços de estúdios. E sim, os preços de gás e electricidade têm aumentado exponencialmente. No supermercado, a conta também já é mais gorda. E assim é no resto da Europa. Sem soluções à vista.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.