Serenata “apadrinhou” os novos caloiros

Os acordes entoados pelos dois grupos de fados da Secção de Fado serviram de mote para muitos dos novos alunos do ensino superior em Coimbra serem “apadrinhados” pelos colegas mais velhos.

Mais do que um simples concerto de fado de Coimbra, a serenata da Festa das Latas e Imposição de Insígnias tem uma componente muito sentimental ligada à receção dos que agora chegaram ao ensino superior em Coimbra.

Se no palco da Sé Nova houve uma comunhão entre os cantores e os guitarristas, no público a união entre “miúdos” e “graúdos” era sentida em cada olhar ou em cada abraço.

Por baixo das capas dos “padrinhos” e “madrinhas” os mais novos começam, na serenata, a sentir o peso que Coimbra poderá trazer a cada um dos que por cá passam no ensino superior. Para muitos, este é o momento em que se sentem finalmente em casa, estando, na verdade, bem longe das suas famílias.

Ler notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.