Opinião – A nova comunidade política europeia

Posted by

Pela primeira vez, 44 chefes de estado e governo de diversos países do Continente Europeu participarão num futuro projecto politico. Intitulada Comunidade Politica Europeia, a iniciativa do Presidente Francês Emanuel Macron, é vista como uma plataforma que visa aumentar a concertação política entre os países participantes, num contexto geopolítico já turbulento.
Actualmente, o continente Europeu enfrenta um complexo conjunto de crises interligadas, alimentadas por “choques” globais de curto prazo e “mudanças” estruturais de longo prazo. De facto, as crises actuais apresentam desafios tangíveis para as sociedades e economias europeias, provocando um maior descontentamento social e uma espiral de instabilidade política.
No entanto, por mais que devamos enfrentar os choques de curto prazo com urgência e determinação, não devemos perder de vista as mudanças subjacentes de longo prazo que estão a levantar novos riscos, mas também simultaneamente novas oportunidades para as nossas economias, infraestruturas, sistemas energéticos ou de segurança.
Assim, a Comunidade Politica Europeia pode contribuir decisivamente para a criação de novas e amplas sinergias para proteger, conservar e melhorar o mundo em que vivemos. Se geridos de forma colectiva, as actuais crises e os desafios futuros que vivemos podem ser enfrentados com maior resiliência, contribuindo para impulsionar a modernização das nossas economias, alcançar um mundo mais sustentável ou ainda desenvolver projectos comuns nas áreas da energia, segurança e até tecnologias de ponta.
De facto, este projecto politico de cooperação que agora se inicia contribuirá decisivamente para discutir de forma una e concertada os riscos futuros que vivemos. Para cada desafio global e regional que existe, a Comunidade Politica Europeia poderá trazer novas e melhores soluções a curto mas também a longo prazo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.