Concelho de Mira passa a ter local próprio para depositar resíduos próprios

Posted by

DR

Duas semanas após a inauguração do Centro Circular de Resíduos de Mira, falta sensibilizar a população para aderir ao sistema, procedendo à entrega de resíduos no local, em vez de continuar a fazer o “depósito ilegal de resíduos que se tem vindo a verificar em alguns locais do concelho”, oservam os respetivos serviços.
Há sete grandes áreas de matérias residuais que devem ser encaminhadas para esta infraestrutura: produtos biodegradáveis, resíduos de construção e demolição (RCD) não perigosos (obras isentas de licença), madeiras de mobiliário, paletes e aglomerados, “monstros” metálicos e não metálicos, resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (ou os próprios equipamentos elétricos e eletrónicos de pequena dimensão fora de uso), pilhas e acumuladores de pequena dimensão.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 11/10/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.