Auxiliar de ação médica em Coimbra acusado de favorecer transporte de doentes

Posted by

O Ministério Público (MP) de Coimbra acusou de vários crimes um auxiliar de ação médica, que terá favorecido determinadas entidades transportadoras de doentes, para além de fazer a requisição de serviços por valores superiores aos devidos.

Numa nota publicada na sua página na internet, o MP de Coimbra informou que o auxiliar de ação médica, com funções no setor de Transportes de Doentes dos Hospitais da Universidade de Coimbra, à data dos factos, está acusado da prática de crimes de abuso de poder, participação económica em negócio e falsificação de documentos.

O favorecimento às transportadoras de doentes concretizava-se através de realização da chamada preferencial de ambulâncias pertencentes às entidades favorecidas, em detrimento de outras.

Ocorria também através da “requisição e validação de faturação de serviços, em espécie e valores, superiores aos devidos”.

“Foi igualmente deduzida acusação contra uma empresa de transportes de doentes em ambulância e seu legal representante, à data dos factos”, referiu.

De acordo com o MP, a investigação esteve a cargo da Polícia Judiciária (PJ) de Coimbra.

4 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.