Praxes regressam a Coimbra para integrar os novos alunos

DR

O início do novo ano letivo no ensino superior com os “caloiros” começa hoje e as praxes também. Adoradas por alguns, criticadas por outros tantos, a praxe estará presente e bem visível pela cidade. Matias Correia, Dux Veteranorum da Universidade de Coimbra (UC), apelou para que todos os intervenientes da praxe da UC saibam ter razoabilidade.
“Mesmo que não saibam o código, o que o Conselho de Veteranos da UC quer é que o bom senso esteja sempre presente na praxe”, frisou.

O Dux Veteranorum reiterou que a diversão de todos deve ser o mote da praxe. “Essencialmente a praxe são caloiros e doutores a divertirem-se. No momento em que algum dos dois não se está a divertir isso já não é praxe”, esclareceu.
Já Mariana Simões, Mocho Real da praxe da Escola Superior de Educação de Coimbra, frisou que os estudantes mais velhos já sabem como integrar os que agora chegam, mas realça que a praxe não é obrigatória.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 19/09/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.