Piscinas em Miranda do Corvo encerram para reduzir consumo de água

Posted by

As Piscinas de Semide e Vila Nova, no concelho de Miranda do Corvo, foram encerradas para reduzir o consumo de água e fazer face à situação de seca que se atravessa, revelou hoje a Câmara Municipal.

Numa publicação partilhada durante a tarde de hoje na página de Facebook do Município de Miranda do Corvo, é indicado que o encerramento destas piscinas ocorreu a partir de segunda-feira, “por motivo de seca hidrológica e da necessidade de tomar medidas de redução do consumo de água”.

Contactado pela agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Miguel Baptista, explicou que este encerramento ocorre apenas uns dias antes do previsto, uma vez que está a terminar a época balnear.

“É uma antecipação de dias, nada de especial, não há alarmismos. O tempo já não está convidativo, com temperaturas mais baixas. Por isso, decidimos fechar, para reduzir o consumo de água”, explicou.

Já as piscinas cobertas continuam a funcionar, enquanto as piscinas do Complexo da Quinta da Paiva encerram no domingo, “como é normal”.

O autarca admitiu que, em termos de abastecimento de água, registam-se “alguns problemas pontais”, sendo necessário fazer o transporte de água em cisternas.

“Estamos a tentar contornar, solucionando situações de rotura na rede e encontrando soluções alternativas de captações próprias”, referiu.

De acordo com Miguel Baptista, esta autarquia tem em curso “um conjunto de intervenções para atenuar os efeitos da seca que, para já, não são muito severos no concelho” de Miranda do Corvo.

“Em termos de abastecimento, temos algumas situações que estão a ser resolvidas, com captações próprias para abastecimento de água”, concluiu.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.