Figueira da Foz: Eduardo Feio preside à administração portuária

Posted by

O presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), o aveirense Eduardo Feio, vai ser o próximo presidente do conselho de administração dos portos da Figueira da Foz e Aveiro. Ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, a equipa inclui, também, o vereador do PS figueirense Carlos Monteiro e Andreia Queirós, que era desde 2014 diretora financeira e de desenvolvimento organizacional na Administração do Porto de Aveiro..

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, Santana Lopes, eleito pelo movimento independente FAP, há muito que defende que o conselho de administração dos portos da Figueira da Foz e Aveiro deve incluir um figueirense. Aliás, sugeriu o nome de Carlos Monteiro ao ministro Pedro Nuno Santos.

Eduardo Feio, que, em 2013, foi candidato do PS à Câmara de Aveiro, onde desempenhou o cargo de vereador, tem um longo currículo em gestão de empresas e cargos públicos. Além do IMT, entre outras, exerceu funções de topo no Ministério da Administração Interna e foi responsável pela Estrutura de Missão das Lojas do Cidadão 2 Geração.

No campo académico, Eduardo Feio é licenciado em Planeamento Regional e Urbano, pela Universidade de Aveiro, e mestrando em Administração e Políticas Públicas, no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa de Lisboa. É, ainda, titular do curso avançado de Gestão Pública.

Entretanto, o Governo nomeou já João Caetano como novo presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), em regime de substituição, na sequência da saída de Eduardo Feio.

Em comunicado, o executivo avança que, “no prazo de 90 dias, será aberto um concurso para a designação definitiva de um novo presidente” do IMT.

João Caetano é professor universitário no Instituto Superior de Tecnologias Avançadas (ISTEC) e foi adjunto no Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.