Distrito de Coimbra recebe em outubro um ciclo de concertos de órgão de tubos

Posted by

FOTO DR

A Fundação Inatel está a preparar um ciclo de concertos de órgão de tubos, que irá decorrer em quatro concelhos do distrito de Coimbra, no mês de outubro, com o objetivo de “gerar a consciência do património organístico existente”.

O Ciclo de Outono, promovido pela Fundação Inatel, propõe quatro concertos de órgão de tubos nos concelhos de Coimbra, Arganil, Cantanhede e Miranda do Corvo.

De acordo com o diretor da Fundação Inatel em Coimbra, Bruno Paixão, este ciclo tem por objetivo “a valorização cultural, bem como gerar a consciência do património organístico existente”.

“A Fundação Inatel propõe diversificar este ciclo pelo território, trazendo algumas caras novas entre os instrumentistas e proporcionando aos espetadores o acesso com entrada gratuita”, referiu o responsável, numa nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O concerto de abertura terá lugar no sábado, na igreja da Santa Casa da Misericórdia de Arganil, no dia em que se assinala o Dia Mundial da Música.

O espetáculo de Música Barroca para Órgão e Flauta, com Paulo Bernardino e Alexandre Andrade, terá início pelas 16:00.

Cerca de uma hora depois está prevista uma visita à Sala-Museu “Consultório do escritor Miguel Torga – médico Adolfo Rocha”.

O segundo concerto está marcado para o dia 08 de outubro, pelas 21:00, na Igreja de Santa Cruz, em Coimbra.

A atuação será do organista, pianista e cravista Nuno Oliveira, que este ano dirigiu a estreia portuguesa da Oratória de São João Baptista de Alessandro Stradella, no Centro Cultural de Belém.

O terceiro concerto tem lugar em 14 de outubro, no Mosteiro de Semide, no concelho de Miranda do Corvo.

A oferta cultural inicia-se às 20:00, com uma visita guiada ao mosteiro e uma degustação de produtos regionais.

Já o concerto da organista Carole Reis, nascida na Suíça, começará pelas 21:30.

O ciclo encerra no dia 22 de outubro, pelas 21:00, com as atuações da soprano polaca Patrycja Gabrel e do organista Daniel Oliveira, na Igreja Paroquial de Santo António, em Covões, concelho de Cantanhede.

O ciclo de Outono de Órgão de Tubos é uma iniciativa da Fundação INATEL e tem como parceiros a Diocese de Coimbra, a Santa Casa da Misericórdia de Arganil, bem como os Municípios de Cantanhede, Coimbra e Miranda do Corvo.

A entrada em todas as atividades deste ciclo é gratuita.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.