Clássicos desfilam nos 50 anos do Rali Rainha Santa

Arquivo/Rui Correia

O Clube Automóvel do Centro (CAC) promove, este sábado, a 50.ª edição do Rali Rainha Santa.
A prova é a 6.ª de sete que compõem Campeonato de Portugal de Regularidade Histórica e terá uma etapa única dividida em três secções, num total de 215,81km.
A 1.ª secção desenvolve-se entre Coimbra e Oliveira do Hospital. A segunda segue de Oliveira do Hospital até Arganil e a última será de regresso a Coimbra.
Foram precisos três anos de espera para poder voltar a ver na estrada o Rali Rainha Santa, que teve em 2019 a sua 49.ª edição.
Rui Pereira, vice-presidente desportivo do CAC, admite que nesta altura há “menos participantes do que havia antes da pandemia”, o que faz com que haja uma menor participação do que em 2019. Concretamente, são 27 os que constam da lista de inscritos, ontem divulgada pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) e pelo CAC.
A edição n.º 50 terá “um passeio comemorativo”, revela João Miranda, vice-presidente administrativo do CAC.
“Este rali originalmente era um passeio, mais tarde é que passou a rali. E, por isso, quisemos comemorar desta forma, reativando o passeio”.
Só para o passeio estão inscritos “15 participantes, maioritariamente de Coimbra”, mas também “alguns vindos de fora”, acrescenta João Miranda.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 22/09/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.