Cantanhede investe mais de 1,6 ME em refeições e transportes escolares

Posted by

Arquivo

O município de Cantanhede investiu mais de 1,6 milhões de euros (ME) em refeições e transportes escolares neste novo ano letivo, anunciou hoje o executivo local.

Em comunicado, a Câmara Municipal especifica que um milhão de euros se destina a suportar as refeições escolares e o restante (671 mil euros) foi canalizado para o transporte dos alunos.

“A política educativa do município de Cantanhede assenta em duas premissas: educação de qualidade e a garantia de acesso à educação de todas as crianças e jovens, independentemente das circunstâncias e condições socioeconómicas, assegurando que não fica ninguém para trás”, garantiu o vice-presidente da Câmara Municipal, Pedro Cardoso.

O autarca considera que o valor investido nas refeições e transportes escolares contribui para “a promoção do sucesso educativo, capaz de formar cidadãos qualificados e competentes”.

Segundo o comunicado, estima-se que 3.600 alunos recorram aos refeitórios dos estabelecimentos de ensino do concelho, três dos quais de gestão direta do município (Escola Secundária Lima-de-Faria, Escola Básica Carlos Oliveira e Agrupamento de Escolas Gândara Mar) e os restantes em regime de concessão.

No caso dos transportes escolares, o montante investido prevê também viagens para alunos com necessidades de saúde especiais, entre a sua casa e a escola, inclusivamente para unidades de referência noutros concelhos (Mira e Coimbra).

“A mobilidade dos alunos com necessidades específicas continua a ser assegurada por duas empresas de transportes públicos (táxis e transportadoras), complementada pela rede de transportes urbanos de Cantanhede, que dá resposta aos que frequentam estabelecimentos de ensino da cidade”, refere a nota.

De acordo com a Câmara de Cantanhede, a grande maioria dos alunos do concelho usufrui das refeições e transportes escolares, nas suas diversas tipologias, num universo de cerca de quatro mil alunos, distribuídos por 14 jardins-de-infância da rede pública, 17 escolas do 1.º ciclo, três escolas básicas dos 2.º e 3.º ciclos e uma escola secundária.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.