Opinião: A “Enforca cães” deve mudar de nome?

Posted by

Sim
É importante atribuir um topónimo oficial àquela estrada e fazer esquecer este nome que se vulgarizou entre a população, motivado pela prática que antigamente se tinha naquela zona.
Em épocas passadas, sem solução clínica, porque não existia, ou sem sensibilidade social e cultural para procurar outra forma, era ali que as pessoas se livravam dos animais que tinham raiva. Descrição que torna ainda mais macabro o nome e que, depois de conhecermos a razão, quase nos envergonha de o termos deixado “entrar no ouvido” e o usarmos de forma habitual.
Felizmente nos dias de hoje essa prática está ultrapassada e tem tudo menos dignidade para ser objeto de preservação da memória histórica. Por isso, sim. Há que impulsionar um novo imaginário, escolhendo um nome para aquela via.
Mais do que mudar a designação atual, trata-se de atribuir um nome que se enquadre na beleza do local, em que a população se reveja e que possa alterar o hábito de usar aquele que está enraizado. Assim aconteceu, por exemplo, com a Praia do Forte. Muitos já não se lembram como a praia era designada popularmente.
Hão-se ser muitas as ideias, mas é necessário ter em mente que a estrada é no Cabo Mondego e liga Quiaios e Buarcos. Por isso, a escolha deve ser fruto de uma decisão objetiva, refletida e que reúna consenso geral, pelo menos daquelas duas freguesias

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.