Manifestantes criticam abate dos plátanos para passagem do Metrobus

Posted by

“Aquele plátano (o primeiro da rotunda) já era assim grande quando eu vim pela primeira vez a Coimbra”. Iria Santos, de 91 anos, foi uma das participantes no protesto de ontem em plena rotunda na avenida Emídio Navarro contra o abate de seis plátanos devido às obras do Sistema de Mobilidade do Mondego. Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, esta conimbricense mostrou-se revoltada com “a devassa” que querem fazer na cidade ao deitar aquelas árvores abaixo. “Não quero que cortem estas árvores. Já fui contra o atentado feito anteriormente. Precisamos de respirar ar puro na nossa cidade”, frisou Iria Santos.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 17/08/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.