Futuro de terrenos da Infraestruturas de Portugal em Coimbra ainda por definir

Posted by

O futuro dos terrenos da Infraestruturas de Portugal (IP) ainda está por definir, disse a Câmara de Coimbra, referindo que aguarda a entrada de uma nova proposta compatível com o estudo urbanístico para a margem direita do Mondego.

A IP Património chegou a apresentar informalmente, numa reunião de trabalho, “uma proposta de reorganização do espaço público e edificação nos terrenos” da mesma entidade, junto à atual linha ferroviária, que liga Coimbra-A a Coimbra-B e que será desmantelada na sequência do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM), afirmou à agência Lusa a vereadora com o pelouro do urbanismo, Ana Bastos, em resposta escrita.

“Tratava-se da construção de um conjunto limitado de edifícios com uso misto, embora maioritariamente habitacional, associado ao ordenamento do espaço público de qualidade e devidamente compatibilizado com o canal do SMM e com as travessias rodoviárias inicialmente previstas no projeto aprovado”, referiu a vereadora.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.