DGEG quis fechar a “enforca cães” na semana passada, avançou Santana Lopes

Posted by

A Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) quis interditar a Estrada “enforca cães” dias depois de ter sido reaberta ao trânsito, após vários meses de obras de requalificação, avançou ontem o presidente da Câmara da Figueira da Foz, Santana Lopes, ao DIÁRIO AS BEIRAS (ver caixa). O autarca entrou em contacto com diversos membros do Governo e o assunto ficou resolvido.
“Na semana passada, tive um grande contratempo: a Administração Central quis fechar a “enforca cães””, revelou Santana Lopes. O autarca soube da decisão através do detentor da exploração de cal no Cabo Mondego, que havia sido notificado pela DGEG de que a estrada teria de fechar, “por causa da pedreira”. De imediato, o presidente entrou em contacto com o ministro da Economia, António Costa Silva, “e outros membros do Governo, incluindo o secretário de Estado João Galamba, de origem figueirense”.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 11/08/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.