Coldplay preferiram Coimbra a outras cidades

Posted by
Spread the love

A atuação dos Coldplay em Coimbra, anunciada para maio do próximo ano, “foi um processo de negociação que se arrastou durante aproximadamente cinco meses e exigiu por parte do Município uma certa dose de persistência”, afirmou ontem o vice-presidente da câmara Francisco Veiga, ao intervir durante a reunião do executivo municipal.
“Na corrida pelo concerto perfilavam-se também outras grandes cidades nacionais, designadamente Lisboa e Porto”, sublinhou Francisco Veiga, ou não fossem os Coldplay uma das bandas de maior sucesso da atualidade, com mais de 100 milhões de álbuns vendidos.
A turnê mundial dos Coldplay foi iniciada no Reino Unido este mês de agosto, indo a partir de setembro para a América Latina e regressando em maio à Europa, precisamente pela cidade de Coimbra.

Contrapartidas para a Académica
“As negociações entre o Município e a produtora Everthing is New foram realizadas com base num acordo de princípio”, que “envolveu e comprometeu também a Associação Académica de Coimbra, enquanto Organismo Autónomo de Futebol, como, aliás, não poderia deixar de ser”, frisou o vice-presidente da câmara.
Este acordo de princípio, admitiu Francisco Veiga, “implicará algumas contrapartidas por parte do Município de Coimbra, ajustáveis em função do número de concertos que vierem a ser realizados, sendo no mínimo um ou, no máximo, quatro”.

Banda escolheu Coimbra
“A decisão final, ao contrário do que possamos imaginar, não foi uma decisão exclusiva da produtora responsável, mas sobretudo dos próprios Coldplay”, admitiu o responsável. De resto, “a manifestação de preferência da banda por Coimbra revela que a cidade tem potencial para acolher grandes nomes da música internacional e criar um histórico de grandes concertos, na linha do que já se tentou fazer com outros grandes nomes, como George Michael, U2, Rolling Stones e Madonna”, defendeu Francisco Veiga.

Ler noticia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS em 23/08/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.