Pai e filho condenados por burla qualificada

Uma mulher de 65 anos foi burlada por dois homens, pai e filho, que abordaram a senhora no seu domicílio fazendo-se passar por funcionários da Segurança Social.
Como forma de a enganar, os burlões indicaram à vítima que iria ter de trocar as notas por estas já não estarem em circulação, que iria receber um aumento da reforma e, no caso de possuir algo em ouro teria de ser pesado acabando posteriormente por ter sido roubada à mulher em questão uma libra e um anel em ouro. Após consumada a burla os arguidos colocaram-se em fuga.

| Leia a notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.