Opinião: Buarcos deve voltar a ter posto de turismo?

Posted by

NÃO
Não vejo necessidade, sobretudo se só tiver o formato tradicional. Os postos de turismo estão a tornar-se obsoletos. A cómoda e gratuita imensidão de informações na internet, faz com que o ato de planear uma viagem ou visitar determinado local se tenha tornado muito mais dinâmico e autónomo.
Se antes procurávamos folhetos e mapas do posto de turismo, hoje temos as aplicações e as redes sociais, com inúmeras páginas de viagens que relatam experiências reais, de pessoas reais, que adicionam dicas reais sobre experiências que podem ser aproveitadas pelo turista.
Depoimentos e comentários trazem muito mais confiança do que qualquer informação padronizada. De forma que, multiplicar recursos replicando um formato desajustado à procura, talvez não seja a melhor estratégia. A não ser que o posto de turismo seja muito mais do que um balcão com folhetos e mapas em papel ou loja de recordações, como é o nosso atual posto de turismo, que tem associado o Museu de Arte Contemporânea Laranjeira Santos.
Folhetos e informações são importantes, mas a hotelaria também os pode disponibilizar. Hoje, um posto de turismo tem que oferecer mais do que aquilo a que o turista acede na internet. Tem que conter um atrativo especial, que incentive a visita. Conteúdos digitais de qualidade têm muito mais impacto no desenvolvimento da atividade turística e na orientação dos visitantes do que um balcão.”

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.