Opinião: A Figueira da Foz necessita de um novo hospital? SIM

Posted by

SIM

Quarenta e oito anos depois do 25 de abril, constatamos que “D”e mocratizamos bem, “D”escolonizamos mal e “D”esenvolvemos insuficientemente.

No que diz respeito à Saúde, não me lembro de qualquer ministro que não tenha anunciado um reforço de verbas para o setor – e, no entanto, a despesa efetiva, consolidada no final de cada ano, é cronicamente bastante inferior ao prometido, com todas as consequências cada vez mais evidentes.

Neste contexto, a construção de um hospital novo na Figueira, regional e com mais valências, deve ser enquadrada se queremos um concelho que cresça em oportunidades de (bom) emprego, que fixe os nossos jovens e atraia muitos outros, que seja amigo do turismo (e o “de saúde”, também, porque não?) todo o ano, e que esteja dotado de uma rede de transportes que conceda a todas as pessoas um fácil, rápido, confortável, seguro e barato acesso, de acordo com as suas necessidades.

Não queremos uma Figueira com futuro, que inverta o paradigma da diminuição e consequente envelhecimento da população, que contrarie a sazonalidade do turismo, que promova as acessibilidades interconcelhias, até agora constrangidas?

Mas, enquanto se estuda esta sustentabilidade integrada, deve fortalecer-se uma parceria mais robusta entre o Hospital e a Câmara, para uma melhor prestação dos cuidados primários de saúde e de envelhecimento saudável e ativo às populações das 14 freguesias do concelho.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.