Duas dezenas de artistas participam em Coimbra no programa “Dar a Ouvir”

Posted by

 

Este projeto artístico procura trabalhar na “valorização da escuta como forma de conhecer o nosso entorno”, salientou a Câmara de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O programa, apresentado hoje em conferência de imprensa, prevê um circuito de instalações sonoras, concertos, oficinas, conversas e passeios sonoros.

Na sexta edição, vão estar presentes “figuras fundamentais da música e das artes sonoras, designadamente Kaffe Matthews com a sua Sonic Bike – que produz som e música ao longo do percurso ciclável -, Francisco López e Fátima Miranda”.

“Irão explorar-se conexões internacionais – através do acolhimento do trabalho das ‘netlabels’ Audiotalaia e Cities & Memory”, e haverá, igualmente, “espaço para o trabalho de jovens artistas como Tomás Quintais e para a participação da comunidade escolar, como acontece com o projeto Cidade Sonora”.

As instalações podem ser visitadas no Convento São Francisco, de 16 de julho a 04 de setembro.

O Salão Brazil, o Espaço Há Baixa! ou o Largo do Paço do Conde são os outros locais que acolhem algumas das atividades do “Dar a Ouvir”.

“Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade” é uma proposta do Jazz ao Centro Clube, coorganizada com a Câmara de Coimbra.

“Dar a Ouvir” apela “a uma exploração criativa das paisagens sonoras pelas artes, com o sentido de abrir novos espaços de reflexão sobre como podemos conhecer e pensar o mundo através da escuta”, realçou o município.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.