Teatrão estreia em Coimbra segunda criação do projeto “De portas abertas”

Posted by

FOTO DR

O Teatrão vai estrear, no fim de semana, a segunda criação do projeto de intervenção artística e comunitária “De portas abertas”, desenvolvido desde 2019, na zona da cidade de Coimbra conhecida por vale da Arregaça.

“Vamos ter aquilo que não tivemos no primeiro espetáculo, que é os espetadores poderem andar pela Arregaça, conhecerem variados espaços e verem cenas que foram feitas, construídas, a partir daquilo que foram as assembleias de rua, os testemunhos dos habitantes e das suas relações com o trabalho”, revelou a diretora de ‘O Teatrão’, Isabel Craveiro.

A estreia do espetáculo “De Portas Abertas II – Os Caminhos do Trabalho”, que se realizará em percurso pela Arregaça, acontece às 19:00 de sábado, com repetições no domingo e na segunda-feira.

Em declarações à agência Lusa, Isabel Craveiro explicou que se trata de um espetáculo percurso, com uma duração de cerca de duas horas, que terá início na Rua Verde Pinho, junto à entrada do Externato João XXIII.

“Este espetáculo é muito diferente do primeiro, dando a centralidade aos habitantes, às pessoas da comunidade. Os atores do Teatrão têm participações muito pontuais no espetáculo”, informou.

O primeiro espetáculo “De portas Abertas” foi apresentado em setembro de 2020, no Campo Municipal da Arregaça, “adaptado às circunstâncias pandémicas vividas nessa altura”.

Já a criação do segundo espetáculo deste projeto conta, desta vez, com a participação de pessoas da comunidade, num total que se aproxima das seis dezenas.

“A sua dramaturgia original resultou do processo de mapeamento cultural e pesquisa documental em torno das questões do mundo laboral, procurando relacionar os modos de vida dos habitantes da Arregaça com o seu trabalho, e estabelecendo as relações existentes entre trabalho, identidade, relações sociais e subsistência”, referiu.

Segundo a diretora de ‘O Teatrão’, o projeto acaba por juntar moradores de zonas muito diferente da Arregaça.

“Pessoas que não se conheciam e ficaram a conhecer por causa deste projeto, vizinhos que já se conheciam e que agora têm uma experiência diferente para guardar na memória”, acrescentou.

O espetáculo percurso vai contar com música ao vivo, sendo a direção musical de Rui Lúcio.

“Aconselhamos as pessoas a levarem calçado confortável. O percurso começa na Verde Pinho e vamos até à Fábrica. Voltamos para trás e acabamos bem no meio da Arregaça, na Praça do Mondego”, concluiu.

A entrada no espetáculo é livre, mas sujeita a reserva.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.