Figueira da Foz: “As pessoas devem ser homenageadas em vida”, defende Santana Lopes

Posted by

FOTO DB/JOT’ALVES

O Dia da Cidade da Figueira da Foz celebra-se a 24 de junho. A cerimónia realizou-se, ontem, no Centro de Artes e Espetáculos (CAE), tendo como ponto alto a atribuição de distinções honoríficas a diversos figueirenses, dois a título póstumo. Na sua alocução, o presidente da câmara municipal, Pedro Santana Lopes, defendeu que “as pessoas devem ser homenageadas em vida e na plenitude das suas faculdades”, para, sustentou, sentirem o apreço da comunidade.
Ainda a propósito das distinções, o autarca e anfitrião da sessão solene do feriado municipal frisou que “quem tem de se sentir honrado é quem distingue e decide distinguir”, ao atribuir distinções a pessoas marcantes para a sociedade. E realçou ainda a “gratidão” que é devida aos homenageados, acrescentando que “é um honra poder distingui-los”.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.