Cinco anos não foram suficientes para apagar as marcas do fogo

Cinco anos depois dos incêndios de Pedrógão Grande – triste efeméride que se assinala depois de amanhã, 17 de junho – muitas das pessoas que viveram direta ou indiretamente a tragédia continuam a ser acompanhadas pela equipa de saúde mental de Leiria/Norte do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Ler reportagem completa na edição impressa no DIÁRIO AS BEIRAS em 15/06/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.