Assembleia de Trouxemil e Torre de Vilela debate hoje unidade da freguesia

Posted by

A Assembleia da União de Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela reúne-se esta noite, em sessão extraordinária, para debater a eventual desagregação da freguesia. O PS lidera a autarquia com maioria absoluta, que foi reforçada nas últimas eleições. A convocatória da reunião extraordinária tem como primeiro proponente a primeira eleita da coligação Juntos Somos Coimbra (JSC), liderada pelo PSD.

Nas eleições autárquicas, em setembro de 2021, o PS venceu em todos os sete lugares da união de freguesias (Adémia, Alcarraques, Cioga do Monte e Fornos, na freguesia de Trouxemil; Ribeiro de Vilela, Torre de Vilela e Vilela, na freguesia de Torre de Vilela). Por isso, os socialistas contam com oito eleitos na assembleia de freguesia (os três lugares do executivo, os três da mesa da assembleia e ainda dois outros). Já a coligação liderada pelo PSD elegeu três e a CDU um.

A 24 de junho de 2021, foi publicada a Lei 39/2021 que define o regime jurídico de criação, modificação e extinção de freguesias, revogando assim a Lei de 2013 do governo de Passos Coelho.

Na campanha eleitoral de setembro de 2021, nem o PS nem a coligação liderada pelo PSD fez incluir, no programa, referência à questão da manutenção e/ou desagregação.

A nova lei estipula o prazo até 21 de dezembro do ano em curso para as assembleias de freguesia e municipal se pronunciarem, caso o entendam.

Em Torre de Vilela, surgiu nos últimos dias um movimento de cidadãos a defender a desagregação.

No próximo  fim de semana, realiza-se, nas Caves de Coimbra, a segunda edição das festas da união de freguesias, envolvendo 14 associações das duas freguesias.

Depois, para a próxima semana, está agendada a segunda reunião ordinária da assembleia de freguesia.

A sessão extraordinária, pedida com urgência, foi por isso marcada para hoje pela presidente da mesa, a jurista Carla Carvalho (PS)

Telma Costa, líder da bancada JSC, é a primeira proponente da reunião extraordinária. Mas não vai comparecer, já que solicitou dispensa. Será substituída por Aires Leitão, que era o quarto da lista da coligação liderada pelo PSD. Em 2017, foi ele que liderou a lista da então coligação “Mais Coimbra”, tendo perdido para o atual presidente socialista, Horácio Costa.

De acordo com os últimos Censos, o número de residentes na União de Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela é de 3.664, sendo de 3.263 o número de eleitores recenseados e assim distribuídos: 966 em Torre de Vilela e 2.297 em Trouxemil.

Contactado pelo DIÁRIO AS BEIRAS, o presidente da União de Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela escusou-se a comentar a situação, limitando-se a dizer que estará “do lado da lei e da maioria da população”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.