Rali de Portugal: Evans lidera após dia duro no Centro

Foto Ricardo Panão

A manhã de ontem reservou alguns dos momentos mais emotivos da temporada. Thierry Neuville era líder após a super-especial de Coimbra mas, logo na primeira passagem por Lousã, caiu para a 4.ª posição, passando Elfyn Evans a liderar. Foi uma manhã muito disputada, com Góis em destaque, terminando com sete pilotos separados por apenas 0.7s, numa classificativa onde os Ford Puma chegaram ao final com bastante pó no interior, em especial no de Craig Breen que foi quem mais dificuldades sentiu.
Seguiu-se Arganil 1 e novo líder, sempre com muita gente a ver passar os melhores do mundo. Sebastien Loeb bateu a concorrência e passou de 7.º para líder do rali, caindo Evans para 2.º, a apenas 0.5s do francês e Neuville a terminar a manhã na 3.ª posição, a 3.3s do líder.
A tarde de ontem foi madrasta para os três campeões do mundo a disputar o Rali de Portugal. Primeiro um erro crasso de Sebastien Loeb que, nos primeiros 20 metros de Lousã 2, deixou o Puma escorregar e embateu com violência num muro que deixou o francês fora de prova. Evans recuperava, assim, a liderança nessa classificativa.

 

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS de 21/05/2022

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.