Greve na CP levou à supressão de cerca de 88% dos comboios

Posted by

A CP suprimiu cerca de 88% dos comboios programados entre as 00H00 e as 06H00 de hoje devido à greve de 24 horas dos trabalhadores para reivindicar aumentos salariais de 90 euros, segundo fonte oficial da empresa.

De acordo com o balanço feito pela CP – Comboios de Portugal à Lusa, entre as 00H00 e as 06H00 de hoje registaram-se 61 supressões, cerca de 88% dos comboios programados, que seriam 69.

“Ontem [domingo] entre as 00H00 e as 24 horas foram suprimidos 191 comboios a nível nacional, cerca de 24% do total de circulações previstas”, adiantou ainda a fonte da CP, às 07:00.

A greve de hoje abrangeu também os trabalhadores que iniciaram o seu período de trabalho no domingo ou que iniciem o seu período de trabalho nas últimas horas de hoje e terminem na terça-feira.

Contactado pela Lusa, José Manuel Oliveira, da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans), remeteu para mais tarde dados nacionais sobre a adesão à greve.

O Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), sindicato que na CP representa a maioria dos trabalhadores do serviço comercial e transporte (revisores, trabalhadores das bilheteiras e as suas chefias diretas) adiantou em comunicado que até às 20:00 de domingo tinham sido suprimidos 200 comboios.

Os trabalhadores da CP – Comboios de Portugal fazem hoje uma greve de 24 horas, para reivindicar aumentos salariais de 90 euros para todos os trabalhadores.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.