UE pretende iniciar no verão negociação de adesão com a Macedónia do Norte

Posted by

O comissário europeu para o Alargamento e Política de Vizinhança, Olivér Várhelyi, sublinhou hoje em Skopje que Bruxelas pretende iniciar este verão negociações de adesão da Macedónia do Norte à União Europeia e solucionar o diferendo com a Bulgária.

“Estamos comprometidos em prosseguir os nossos esforços para iniciar as negociações antes do final da presidência francesa da União Europeia [UE]. A Macedónia do Norte é parte da Europa. Não há tempo a perder para acelerar o processo”, escreveu Várhelyi na sua conta Twitter após reunir-se com o primeiro-ministro, Dimitar Kovachevski.

O Governo de Skopje sublinhou em comunicado que o desbloqueamento do processo de integração europeia constitui uma necessidade crucial.

“Existe consenso de que chegou o momento de desbloquear a integração europeia da República da Macedónia do Norte que, caso contrário, pode converter-se num tema em aberto durante muito tempo, e que não beneficiaria nenhuma das partes”, assinalou Skopje.

Por sua vez, o vice-primeiro-ministro, Bojan Marichikj, disse que a prolongada demora em obter uma data para o início das negociações tem um impacto na política interna e reforça o euroceticismo.

Várhelyi chegou a Skopje proveniente de Sófia, onde indicou que se esforçaria por iniciar em junho as negociações de adesão.

Sófia tem vetado até ao momento o início das negociações para a adesão da Macedónia do Norte à UE, devido a diversos contenciosos.

O Governo de Sófia alega que a Macedónia do Norte discrimina a minoria étnica búlgara no seu território e exigiu que lhe sejam concedidos diversos direitos como condição para terminar com o seu veto.

Também solicita diversas alterações nos livros escolares da Macedónia do Norte sobre a origem da etnia e da língua macedónias, que a Bulgária considera de origem búlgara.

No entanto, uma resolução do Parlamento de Skopje recusa qualquer negociação com Sófia sobre as questões de identidade e rejeita as reivindicações históricas da Bulgária.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.