Penela investe 1,5 ME em estacionamento e requalificação do centro histórico

Posted by

FOTO DR

A vila de Penela vai dispor de um parque de estacionamento com dois pisos e 60 lugares, no centro histórico, no âmbito de um investimento que ronda 1,5 milhões de euros.

A obra tem uma comparticipação comunitária de 85%, superior a 1,2 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), ao abrigo de uma candidatura aprovada pelo programa Centro 2020.

“Vamos mitigar as dificuldades de estacionamento e dignificar este espaço”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, Eduardo Nogueira dos Santos, na cerimónia de assinatura do contrato com a Odraude – Construção Civil e Obras Públicas, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Esta empreitada, segundo Eduardo Nogueira dos Santos, “vai permitir dignificar” o centro da localidade com trabalhos que incluem, designadamente, a requalificação da Praça do Município e a criação de “um novo parque de estacionamento”, à luz de “um conceito de modernidade” que concilia as necessidades dos automobilistas e a preservação da área histórica.

Os trabalhos decorrerão ao longo de 18 meses, ao abrigo do Programa de Mobilidade Urbana Multimodal de Penela, no distrito de Coimbra.

A Câmara Municipal vai recorrer a uma linha de crédito para as autarquias do Banco Europeu de Investimento (BEI), “a fim de financiar a contrapartida nacional” de 15% do projeto.

“Está também em causa a remoção de barreiras culturais e altitudinais, potenciando uma melhor mobilidade e acessibilidade a esta zona da vila”, referiu a autarquia, num documento distribuído aos jornalistas.

Citado na nota, o presidente da Câmara salientou que se trata de “uma obra que marcará inevitavelmente a imagem” de Penela, tendo em conta a proximidade do castelo medieval, que todos os anos, em dezembro, acolhe a iniciativa Penela Presépio.

“Os constrangimentos temporários que se farão sentir para os habitantes e visitantes (…) serão compensados com o resultado final”, acrescentou Eduardo Nogueira dos Santos.

Em representação da Odraude, usou da palavra na cerimónia a arquiteta Célia Marques, ex-presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, no norte do distrito de Leiria

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.