Manter vivas as memórias de quem passou pela UC

Jorge Castilho, Matias Correia e Daniel Aragão, na sessão comemorativa

Há laços que a memória não desfaz, como aqueles que ligam várias gerações de estudantes à Academia. Ontem, foi Dia do Antigo Estudante de Coimbra e a data não foi passada em branco.

“É importante celebrar este dia porque faz com que ao longo dos tempos se mantenham vivas as memórias de quem por aqui passou. E também porque estimula a tal ligação intergeracional entre os antigos e atuais estudantes da UC”, disse ontem Jorge Castilho, presidente da Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra (AAEC).

(Ler reportagem completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS em 05/04/2022)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.