Elemento do gangue que assaltou ourivesaria de Cantanhede em 2009 foi agora detido

Posted by

O romeno Petru Bordei, de 38 anos, foi agora detido, cerca de uma dúzia de anos depois de ter aterrorizado donos de ourivesarias portuguesas integrando um violento gangue de assaltantes do leste europeu.

O grupo deixou um rasto de violência ao longo de dois anos – entre 2008 e 2010 – quando assaltou à mão armada dezenas de ourivesarias na zona Centro, Ribatejo e Alentejo. A Petru Bordei a justiça portuguesa imputa 18 crimes de roubo agravado e outros 18 de furto qualificado, que constam do mandado de captura emitido pelo Ministério Público em 2015.

Hoje a CNN Portugal avançou a notícia de que o criminoso foi detido no seu país (Roménia) e transferido para Portugal esta semana, pela Unidade Nacional de Contraterrorismo.

O primeiro assalto imputado ao grupo remonta a 9 de janeiro de 2008, em Pombal, com a ourivesaria Ramos e Fonseca como vítima. O prejuízo terá sido de 120 mil euros, a que se seguiu outro assalto, em março de 2009, quando o dono de uma ourivesaria em Cantanhede reagiu e ficou ferido ao ser agredido com violência. Levaram ouro no valor de 20 mil euros. Ao todo terão realizado 1,5 milhões de euros como produto dos roubos. Dois dos elementos do gangue já estavam presos em Portugal, onde ainda continuam a cumprir pena.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.