Biotecnológica investe 80 milhões de euros em Cantanhede

Posted by

A empresa Carbocode, em Cantanhede, vai investir, numa primeira fase, 45 milhões de euros (ME) na construção de uma nova fábrica naquele concelho e 35 milhões de euros em investigação e desenvolvimento dos seus produtos, revelou um dos diretores desta biotecnológica, Carlos Faro.

A empresa foi criada, em 2017, por um conjunto de investigadores e cientistas, com experiência industrial, para o desenvolvimento de uma tecnologia de produção em larga escala de esfingolípidos.

Esfingolípidos são constituintes naturais das células que têm um papel importante para o funcionamento do sistema nervoso, do sistema gastrointestinal e da própria pele.

“Quando nascemos, a nossa fonte principal de esfingolípidos é o leite materno”, explicou Carlos Faro à agência Lusa.

“Aquilo que a empresa percecionou foi que não existia uma fonte acessível de produção em larga escala destes compostos que são essenciais ao nosso desenvolvimento. Estes cientistas conseguiram desenvolver pela primeira vez tecnologia para produzir estes compostos idênticos àqueles que temos no corpo humano, mas a uma escala industrial”, sublinhou.

O trabalho destes investigadores permitiu agora “abrir a porta ao negócio” para a produção industrial de esfingolípidos e a comercialização para as áreas da cosmética, da nutrição e farmacêutica.

“Esta empresa foi financiada para desenvolver tecnologia e esse desenvolvimento foi feito ao longo dos últimos cinco anos. Chegámos agora a um ponto em que a tecnologia está desenvolvida e é necessário agora passar à face de industrialização”, acrescentou Carlos Faro.

Nesse sentido, a empresa vai construir uma nova fábrica, que vai situar-se no núcleo industrial do Biocant Park, em Cantanhede, com um investimento de 45 milhões de euros, originando 90 postos de trabalho.

Deverá começar a ser construída em 2023 e estar concluída em 2025.

“A nova fábrica foi planeada para que, em 2025, quando estiver em condições de começar a produzir, é também altura em que se espera ter a conclusão de todo este processo regulamentar que depois nos dará autorização de comercialização”, concluiu.

A empresa prevê construir no futuro um complexo industrial, com a construção de mais duas fábricas, num investimento total de 100 milhões de euros.

A criação deste complexo industrial permitirá a criação de 250 postos de trabalho.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.