Figueira da Foz avança com estacionamento subterrâneo para ligação ao mercado municipal

Posted by

O presidente do município da Figueira da Foz anunciou hoje que está tomada a decisão de construir um estacionamento subterrâneo, com cerca de 200 lugares, em frente ao mercado municipal, com ligação ao edifício.

Em declarações aos jornalistas, no final da reunião de Câmara, Pedro Santana Lopes disse que o projeto “já está a ser acabado pela concessionária do estacionamento à superfície”.

Esta é uma das medidas do autarca, eleito pelo movimento Figueira a Primeira (FAP), para ajudar a revitalizar e apoiar o comércio tradicional, no dia em que a Câmara aprovou, por maioria, com apenas três votos favoráveis, a instalação de uma superfície comercial da Mercadona na cidade.

Na votação do processo, que transitou do anterior executivo, os quatro vereadores socialistas abstiveram-se, bem como um dos eleitos do movimento FAP, enquanto o único vereador do PSD votou contra.

Aos jornalistas, Santana Lopes justificou a aprovação com a criação de expectativas à cadeia espanhola de supermercados pelo anterior executivo (PS), que exigiu a mudança para o atual local para poder viabilizar a sua instalação.

Salientando que houve a ponderação de vários fatores para aprovar o licenciamento, o presidente da Câmara salientou o parecer positivo da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz e a inexistência de rejeição por parte dos comerciantes.

“Não vi da parte dos comerciantes, nas reuniões que tivemos, nenhum levantamento de rejeição e esse dado foi muito importante”, frisou o autarca, que pretende tomar medidas “muito importantes de apoio ao pequeno comércio”, com base num estudo que “já está a ser feito”.

Para Santana Lopes, que tentou levar a Mercadona para a margem sul da cidade, “a prioridade principal neste momento devia ser o apoio e a revitalização do pequeno comércio”.

O autarca acrescentou ainda que, em breve, serão anunciadas medidas para a Rua da República, “no sentido de uma grande requalificação”.

No início de dezembro de 2021, o presidente do município salientou que a construção de um parque de estacionamento junto ao mercado municipal seria “uma obra prioritária dentro da linha de proteção ao pequeno comércio e comércio tradicional”.

Na altura, o atual executivo ainda não tinha decidido se avançava para um parque subterrâneo, em frente ao mercado municipal, do outro lado da avenida, com ligação direta ao edifício, ou um em altura, com 100 estacionamentos, por detrás do mercado, num edifício devoluto.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.