Carlos Monteiro publica mensagens enviadas a Santana Lopes

Posted by

Arquivo- Pedro Agostinho

O vereador do PS Carlos Monteiro reagiu à entrevista de Pedro Santana Lopes ao DIÁRIO AS BEIRAS (ver edição do dia 4) através de uma extensa carta aberta.

Um dos destaques da reação do antecessor do atual presidente da Câmara da Figueira da Foz é a publicação das mensagens de telemóvel enviadas ao autarca eleito pelo movimento independente Figueira A Primeira.

Acerca das mensagens, na entrevista, perante a pergunta se considerava que Carlos Monteiro não está a respeitá-lo do mesmo modo que o presidente respeita o vereador da oposição, Pedro Santana Lopes respondeu assim: “Não quero entrar em pormenores, [mas] nunca vi nada assim, quer por escrito, quer verbalmente. Há regras de educação mínimas, e nunca vi nada assim”.

Essas regras não estão a ser cumpridas?, foi-lhe perguntado: “Não. Eu não revelo mensagens que recebo, mas é absolutamente inimaginável! (…)”, afirmou.

Carlos Monteiro afirma que a primeira mensagem que enviou ao seu sucessor data de 20 de outubro, um mês depois das Eleições Autárquicas, que perdeu para o atual presidente da câmara, que publicou na íntegra, na carta aberta: “Presidente, este é o meu número provisório. É importante falarmos. Abraço. Carlos Monteiro”.

A segunda mensagem, “enviada por lapso”, que também foi publicada, tem data de 11 de novembro, na qual, segundo o que foi publicado, se lê: “Desculpe, foi engano. Abraço”. A terceira, de 20 de janeiro, contextualiza, “foi enviada no seguimento de uma publicação no Facebook da câmara, relativamente à reunião de câmara do dia anterior”, que se referia ao vereador Nuno Gonçalves e a Carlos Monteiro.

Leia a notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.