Cantanhede recupera edifício para dar lugar ao Centro Cívico de Ourentã

Posted by

DR

A Câmara de Cantanhede procedeu à abertura do concurso público para a recuperação de um edifício para o Centro Cívico de Ourentã, intervenção no valor de 322 mil euros.

O imóvel em causa foi durante anos a antiga casa paroquial e a Câmara pretende dar à população um “espaço multifacetado e com diferentes valências, designadamente para ensaios do rancho folclórico ‘Os Bairradinos’, de Ourentã, e para lecionar o ensino da catequese”, referiu aquele município do distrito de Coimbra.

Nesse sentido, a Câmara Municipal vai requalificar o edifício localizado no largo em frente da igreja, no centro de Ourentã, por ser o local “apropriado, central e disponível para suprir lacunas existentes nestas áreas”.

A obra, com prazo de execução de 360 dias, envolve a recuperação em dois pisos, um ao nível térreo, onde está previsto o espaço constituído por uma zona ampla de arrumos, que servirá a apoio a serviços de apoio logístico.

Esse espaço vai ser constituído por uma cozinha, copa de apoio, despensa, instalações sanitárias e inclui ainda o acréscimo de um bloco destinado a pessoas de mobilidade reduzida, com ligação ao pátio posterior, onde está prevista a colocação de uma rampa lateral.

Está prevista a criação de um piso em madeira que servirá de palco para as atuações da coletividade no pátio posterior, bem como uma sala de prolongamento do pátio, com a possibilidade de ser tornar área coberta durante dias festivos.

Na subcave do piso vai ser aproveitado o desnivelamento do terreno e vai servir de apoio à arte cénica e religiosa.

“No piso superior estão previstas as valências da casa paroquial, pelo que a frente mais antiga do imóvel e as salas de catequese têm projetado um acesso independente, atendendo aos aspetos de ordem funcional do edifício”, referiu a autarquia.

“O projeto de requalificação prevê a colocação de materiais de tratamento de exteriores nos corpos projetados, caixilhos em PVC branco e com guardas em proteção em inox e reboco areado fino pintado”, especificou o município.

A empreitada contempla ainda a intervenção nas paredes interiores, a remodelação de instalações sanitárias, incluindo o revestimento de paredes até ao teto e pavimentos de cerâmica antiderrapante.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.