150 alunos da Figueira da Foz lesados pela agência XTravel

Posted by

DR

Uma centena e meia de estudantes finalistas das escolas Joaquim de Carvalho, Cristina Torres e Bernardino Machado da Figueira da Foz sentem-se lesados pela agência de viagens XTravel.

Os alunos e encarregados de educação dos três estabelecimentos de ensino figueirenses – a maioria, da Joaquim de Carvalho – não foram reembolsados dos valores pagos a esta empresa para a realização de uma viagem de finalistas a Punta Umbria em março de 2020 e que acabou por não ser efetuada devido à pandemia de covid-19.

Segundo Margarida Dionísio, uma das encarregadas de educação lesadas, “estamos perante uma situação de má-fé” por parte desta empresa, já que para além de se terem recusado a fazer o reembolso “dentro do prazo que eles próprios tinham dado”, há a salientar o facto dos encarregados de educação terem sido informados da entrega no tribunal de um processo de insolvência por parte da empresa.

|Leia a notícia na íntegra na edição de hoje no DIÁRIO AS BEIRAS.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.