Opinião: “Que gostaria de ver concretizado no concelho da Figueira da Foz em 2022?”

Posted by

Que gostaria de ver concretizado no concelho em 2022?

Gostaria que os dirigentes locais em 2022 compreendessem a importância do desafio ambiental, e social, que a humanidade enfrenta. Concretizar a transição para um concelho ecológico é urgente, necessário e contribui para a saúde física e mental de todos nós. Significa isto fomentar a biodiversidade, preservar os ecossistemas em meio rural e urbano, pugnando pela sua restauração e vivência por parte das pessoas.
Enfatizo que esta transformação se faz com e para as pessoas, informando-as sobre a importância ecológica dos ecossistemas dunares no areal da Figueira e Buarcos; levando os habitantes a defender árvores, fragas, charcos, lagoas e zonas ribeirinhas de grande beleza e importância natural. As crianças que vivem rodeadas de vegetação têm menos alergias. Os agricultores que usam mais pesticidas morrem mais de cancro.
Em ano de início de mandato autárquico, a gestão dos parques e jardins, baldios e caminhos rurais, tenha como princípios diretores os objetivos de sustentabilidade. Haverá que contratar quadros especializados, que neste momento não existem, preenchendo a lacuna que persiste na gestão do património natural do concelho. Falta um Plano para a Biodiversidade detalhado, orçamentado e com objetivos mensuráveis.
Será este um legado maior, o início de uma relação de harmonia, em que o sucesso de um concelho também se mede pelo número de polinizadores selvagens (abelhas, vespas).

Pode ler a opinião de João Vaz na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.