Opinião – A cobertura do Coliseu Figueirense resolveria a falta de um espaço multiusos na cidade?

Posted by

SIM. Desde há muito que o defendo, várias vezes tendo tido a oportunidade de justificar, mais fundamentadamente do que neste espaço é possível, nomeadamente no programa de rádio “Câmara Oculta”, na então Rádio Clube Foz do Mondego.
Muito sucintamente, concordo com a cobertura do Coliseu Figueirense, em primeiro lugar pelo edifício em si: porque incorpora quase 130 anos de memória e tradição, porque vai sendo tempo de atualizar e de modernizar a tauromaquia, e porque não se pode construir o futuro desperdiçando ativos materiais tão significativos.
Depois, pelo benefício que isso traria: dada a sua ímpar localização e aos lugares sentados que permitirá, o Coliseu Figueirense coberto seria a casa natural de eventos desportivos, culturais, sociais, políticos, religiosos, ajudando a resolver um dos mais urgentes problemas a solucionar no concelho da Figueira, o da sazonalidade do turismo.
Finalmente, pelo sinal que é urgente dar: o de que podem conviver, com vantagens recíprocas, o público e o privado, o passado e o futuro, a elite e as massas, a política e a sociedade civil.
Bem sei que todo o processo tem de incluir, desde o início, as energias, os recursos materiais e humanos e a ousadia, capazes de dar a sustentabilidade ao Coliseu Figueirense, pelo menos nos próximos 130 anos…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.