Instituto do Sangue apela para “reforço imediato de dádivas de sangue”

Posted by

O Instituto do Sangue apelou hoje, quarta-feira, para o contributo de todos os potenciais dadores, numa “altura particularmente exigente” devido à pandemia de covid-19 e face a “uma grande dificuldade em manter estáveis as reservas de componentes sanguíneos”.

O Instituto Português do Sangue da Transplantação (IPST) diz, em comunicado, que “a evolução da pandemia de covid-19, nomeadamente o elevado número de contágios das últimas semanas e respetivos isolamentos profiláticos, têm conduzido a uma grande dificuldade em manter estáveis as reservas de componentes sanguíneos”.

Em simultâneo, destaca igualmente que “as habituais infeções respiratórias sazonais têm contribuído para uma redução do afluxo de pessoas candidatas à dádiva de sangue” e que “ambas as situações causam uma grande redução do número de dadores e o adiamento de sessões de colheita previamente calendarizadas”.

“Torna-se necessário mobilizar todos os que estejam em condições de fazer uma dádiva de sangue, nomeadamente os que nunca deram sangue e os que não efetuam uma dádiva há mais de um ano, contribuindo assim para a imprescindível estabilidade das reservas. É muito importante o reforço imediato das dádivas de sangue, pois só assim os doentes podem receber os tratamentos que necessitam”, apela o IPST.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.