Classificativa noturna dentro de Coimbra é novidade do Rali de Portugal

Posted by

A cidade de Coimbra vai ser “brindada” com uma inédita superespecial da 55.ª edição do Rali de Portugal, que é a 4.ª prova  do campeonato do mundo de ralis (WRC) da presente época. Será também a estreia dos novos carros híbridos em pisos de terra, a decorrer dentro de três meses, entre 19 e 22 de maio.

Além da superespecial de Coimbra,  a prova vai contar ainda com Lousada e Porto, anunciou hoje a organização. O Rali de Portugal conta com 22 classificativas, localizadas no centro e norte do país: depois do tradicional shakedown em Baltar, no concelho de Paredes, marcado para 19 de maio, entre as 9H01 e as 14H00, os primeiros quilómetros do  total de 343,3 vão ser disputados em Coimbra, com a 1.ª das três superespeciais, a partir das 20H40 dessa quinta-feira.

Após o arranque, segue-se o 1.º dia completo de prova, na sexta-feira, 20 de maio, com os três emblemáticos troços no centro do país de Lousã, Góis, Arganil, todas percorridas duas vezes, e Mortágua, antes da superespecial de Lousada. No dia seguinte, sábado, 21 de maio, o Rali de Portugal ruma ao norte, com várias classificativas até à superespecial do Porto.

O último dia do rali luso contempla Felgueiras, Mondim e Fafe, em que a 2.ª passagem pelo troço fafense o estatuto de power stage, premiando os cinco primeiros com pontos adicionais. A 55.ª edição do Rali de Portugal tem um percurso total de 1.535,35 quilómetros, dos quais 343,3 cronometrados, num total de 22 classificativas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.