Câmara investe 12,5 milhões nos transportes municipais

Posted by

O presidente do Município de Coimbra utilizou palavras duras para criticar os “prevaricadores” que não pagam as zonas de estacionamento da cidade: “Além de revelar um inaceitável desrespeito pela lei e por aqueles que a cumprem, estão a prejudicar gravemente os SMTUC, que recebem as verbas desses parques para financiarem a renovação da frota e a melhoria dos serviços oferecidos”.

Para a função social do transporte público vão ser injetados nos SMTUC, em 2022, para além das receitas em passes e bilhetes, mais 12,5 milhões de euros, um aumento de 9% relativamente a 2021, que é “uma fatura insustentável se for para financiar autocarros quase vazios”.

Assim, “a fiscalização do estacionamento está a começar a ser mais intensa, e assim irá continuar”, referiu José Manuel Silva, acrescentando que “um dos expoentes é o estacionamento ilegal e perigoso na rua Jorge Anjinho, em frente a uma conhecida pastelaria, sem qualquer necessidade, pois as pessoas dispõem de estacionamento legal e gratuito nas traseiras do mesmo edifício. É um dos locais que merecem coimas máximas” desabafou.

Pode ler a noticia na integra na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.