Alegado “cripto-burlão” é figueirense

Posted by

O alegado burlão português de uma plataforma de criptomoedas detido em Espanha, segundo o Correio da Manhã, chama-se Vítor Fajardo, tem 45 anos e é natural da Figueira da Foz. Aquele jornal acrescenta que o suspeito tinha 2,5 milhões de euros em bancos e 13 carros de luxo.
Está acusado de vários crimes de fraude e de branqueamento de capitais.

| Leia a notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.