Pampilhosa da Serra: Orçamento de 16 milhões de euros à espera de financiamentos da UE

DR

Ronda os 16 milhões de euros o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2022 que o executivo municipal da Pampilhosa da Serra acaba de aprovar.
No que diz respeito a receitas, segundo Jorge Custódio, presidente da autarquia, este orçamento “está muito alavancado” quanto ao que a autarquia tenciona receber por parte de financiamentos, europeus, no âmbito de “candidaturas que estão a decorrer”. “Algumas sabemos que temos financiamento garantido, outras ainda vamos tentar garantir, mas é claramente uma das apostas que este município tem”, explicou o autarca.
Por outro lado, e “como foi dito muitas vezes na campanha eleitoral”, a autarquia pretende “avançar com algumas obras estruturantes o mais rapidamente possível”. Na sessão, Jorge Custódio apontou como exemplo “a reconstrução da casa do Dr. Afonso”, que será adaptada a um espaço de coworking e cujo projeto “já está finalizado”. Também o início da construção do novo pavilhão na Portela de Unhais, está previsto para o início de 2022, tendo em vista “a possibilidade de captar uma nova fábrica” para a zona industrial da localidade. A construção da ponte sobre o Rio Unhais, junto ao cemitério da Vila, foi outro dos projetos salientados pelo autarca, adiantando ainda que “uma das rubricas principais” deste orçamento, tem a ver com o valor alocado para “projetos e estudos”.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.