Opinião- A vegetação do areal urbano da Figueira da Foz deve ser removida?

Posted by

Muito se fala na vegetação do areal urbano mas poucos refletem nos motivos pelos quais é importante que aquela zona esteja naturalizada.

Felizmente, ainda estamos a tempo. Até quem tanto prometeu arrancar a erva, logo percebeu que afinal o assunto é realmente sério e merece ponderação.

Existem, quanto a mim, duas premissas no que respeita ao areal urbano. É urgente colocar em prática o bypass para combater a erosão a sul e com isso diminuir também a sua extensão.

Por isso, retirar areia, sim! Por outro lado, concordo com a ciência no que respeita à importância de preservar o ecossistema que ali se formou e constato ainda que aquela flora tem, uma função dunar, de contenção das areias onde necessitamos dela. Quem não se lembra das tempestades de areia?! Removê-la totalmente significaria também desproteger a frente urbana.

Além disso, a vegetação permitiu-nos conquistar um território que antes era totalmente inútil, usufruir do areal para além da praia e do verão, ter equipamentos desportivos, manter a ciclovia e os passadiços, fazer grandes eventos.

Por todas estas razões, tirar totalmente a “erva” não! Haverá sempre areia branca suficiente para brilhar ao sol da Praia da Claridade.

A vegetação pode sim, e deve, ser paisagisticamente qualificada. Imagino aquele espaço, dentro de uns anos, como um largo corredor de natureza que faz a continuidade entre a malha urbana e a praia.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.