Opinião: A nova ponte deveria ter duas faixas de rodagem?

Posted by

 

A pergunta colocada é de mera retórica, pois a obra vai ser efectuada e nada do que possa ser aduzido ao debate vai alterar esse facto.
Ainda assim, do que tenho conhecimento, os fundos comunitários para aquela obra de arte existiam com a condição de que a dita fosse pedonal e ciclável e, ou a regra era cumprida, ou não haveria fundos. Estamos a falar de comparticipação comunitária bastante expressiva para um investimento de cerca de dois milhões de euros. O projecto Eurovelo é de manifesta relevância para Portugal e ter o nosso município nele integrado é motivo de orgulho. Se, depois de negociação e ajustes, a ponte pode vir a acolher trânsito automóvel e então melhorar a qualidade de vida das populações de norte e sul do Concelho, ainda bem, mas eu sou dos que acham que, pese embora tenha sido importante aproveitar os fundos comunitários, há já muito tempo se devia ter arranjado uma via de comunicação automóvel digna desse nome para servir as populações do concelho, e a faixa de rodagem única (regulada por semáforos), que está contemplada no projecto, não vem acrescentar quase nada ao bem estar das populações. Será importante para os meios de socorro? Sim, sem dúvida. Mas para o utente usual das rodovias locais não creio que traga benefícios de tempo.
Ainda assim, pouco é melhor do que nada, mais ainda quando ‘pouco’ foi a palavra de ordem durante anos na autarquia figueirense.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.