Governo aprova emparcelamento agrícola no Vale do Pranto no Baixo Mondego

Posted by

“Foto: DR”

O Conselho de Ministros aprovou hoje o projeto de emparcelamento integral do perímetro do Campo do Conde, uma área de cultura de arroz com 346 hectares e 240 proprietários, localizada no Vale do Pranto, no Baixo Mondego.

A nota do Conselho de Ministros frisa que o Campo do Conde está localizado nas freguesias de Vila da Rainha e de Samuel, concelho de Soure, distrito de Coimbra, inserido no aproveitamento hidroagrícola do Baixo Mondego, e que a aprovação da intervenção se integra na implementação do Programa Nacional de Regadios.

“O projeto contribuirá para a melhoria da estrutura fundiária e para a sua adaptação às obras de aproveitamento hidroagrícola, melhorando as condições de exploração dos terrenos agrícolas e, desta forma, promovendo o desenvolvimento económico e social deste território”, sustenta o Governo.

Ouvido pela Lusa, Armindo Valente, vice-presidente da Associação de Beneficiários da Obra de Fomento Hidroagrícola do Baixo Mondego, notou que esta aprovação, da qual disse não ter ainda conhecimento “oficial”, significa que a primeira fase da obra de emparcelamento agrícola do vale do Pranto, rio afluente do Mondego, orçada em quase 25 milhões de euros, “pode finalmente avançar”.

Toda a informação na edição impressa e digital de amanhã, 3 de dezembro, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.